Notícias

Notícias gastronómicas ou ligadas à restauração, vinhos e afins.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O trabalho de seleccionar vinhos não é nem fácil nem óbvio, para mais com um espaço muitomini_bar limitado. O que aqui se pretendeu foi mostrar um pouco do panorama nacional e tentando abranger diferentes tipos de vinho. O resultado é forçosamente injusto, seja qual for o critério.

No Dão, que aqui não está representado, poderia estar o Picos do Couto Grande Escolha 2007. Num país de vinhos generosos, fica de fora o moscatel de Setúbal, como o José Maria Fonseca Moscatel Roxo 20 anos. De fora fica também a Madeira, que tantos e bons vinhos produz, como um Barbeito Malvasia 20 anos. A lista seria interminável... Não há listagens perfeitas.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Doze horas diárias, onze dias seguidos. O Pátio da Galé, em Lisboa, prepara-se para receber mais uma edição do Peixe em Lisboa. Este ano, há novidades.gp 070205102-W250

Joan Roca e Quique Dacosta, três estrelas Michelin na 2ª e 41ª posições no The World's 50 Best Restaurants, regressam a Lisboa para celebrarem peixes e mariscos do mar português em sessões de cozinha ao vivo. Os dois nomes são apenas alguns dos que passarão pelo evento, que vai na 8ª edição.

O chef argentino Mauro Colagreco, o brasileiro Rafael Costa e Silva - do restaurante Lasai, no Rio de Janeiro, e os chefs portugueses Vitor Sobral, Pedro Lemos, Leonel Pereira, são outros dos nomes que participarão.

Este ano, a lista de restaurantes que participam no Peixe em Lisboa também conta com novidades: Las Ficheras, Kiko Martins, Pap'Açorda, Sushi Café e Taberna das Flores & Flores Bairro Alto (chef André Magalhães) fazem a partir deste ano companhia ao Arola by Penha Longa, José Avillez, O Nobre/Nobre Estoril, Ribamar e Vitor Sobral.

Em 2014, mais de 26 mil visitantes marcaram presença no evento, o que representa um crescimento de mais de 7% face à edição anterior. O espaço onde decorre o evento tem capacidade para 526 lugares sentados.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

10 Cozinhas, 10 Chefs, 10 Experiências. Este é o desafio da 1.ª edição do evento gastronómico Comidas doqp 220600302 Mundo.

De 20 a 24 de fevereiro, no Campo Pequeno, em Lisboa, cada chef terá um menu de degustação por dia e diversos pratos inspirados no país.

A entrada custa 10 euros e cada euro dá direito a um vale com a identificação de cada um dos Chefs, que poderá ser descontado nos menus do dia.

Assim, o chef Alexandre Silva vai dedicar-se a Itália, Bertílio Gomes a Marrocos, Chakall ao Peru, Paulo Morais ao Japão, Marlene Vieira e João Sá aos EUA, Kiko à Argentina e Vitor Esteves à dieta mediterrânica.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O pré-cozinhado, vendido nos hipermercados Jumbo, já foi retirado de venda. Os especialistas garantem que não há risco para a saúde,gp 120100411-W250 mas este pode ser mais um caso de fraude alimentar.

A investigação foi feita pelo jornal Diário de Noticias, que mandou analisar nove amostras de vários produtos das marcas Pingo Doce, Continente e Polegar (vendida nos hipermercados Jumbo), incluindo três refeições pré-cozinhadas de bacalhau com natas.

Na sua edição de hoje, o DN revela que, a pedido do jornal, um «laboratório certificado» fez análises, entrre outros produtos, a um preparado de bacalhau com natas da marca Polegar, comprado no Jumbo, e não identificou qualquer vestígio de bacalhau.

Em vez disso foi encontrada uma espécie de peixe, chamada peixe-caracol, pouco conhecida e cuja venda venda não está autorizada em Portugal, o que configura uma situação de fraude de mercadorias.

Apesar da ilegalidade, à partida não existe perigo para a saúde pública, segundo os especialistas contactados pelo DN.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Azeite, tomate, Roquefort e Foie Gras. A experiência do chef Francisco Siopa, 36 anos, como responsável pelagp_071204702-W250 pastelaria dos hotéis Quinta da Marinha Resort e Onyria Marinha Edition Hotel & Thalasso deram-lhe bagagem para arriscar num novo desafio.



O chef acaba de lançar sete variedades de bombons exóticos, em que usa ingredientes diferentes para fazer os doces, incluindo, por exemplo, flor de sal. Os bombons foram criados pensando na harmonização com vinhos.



"Para o caso do Bombom de Azeite, o chef utiliza o azeite com o grau de acidez mais baixo do mercado – Casa Anadia de 0,1% grau de acidez – o único passível de se juntar ao chocolate e outros ingredientes. Fazendo assim um Bombom unido que ao saborearmos, vêm-nos á memória os grandes campos de Oliveiras, carregados de Azeitona.", explica o chef em comunicado.

Notícias de restaurantes em destaque. Análises sobre a restauração, críticas e destaques.

Histórias de vinhos e bebidas licorosas. Mitos e verdades desta bebida alcoólica. Rankings e críticas de vinhos.

Notícias generalistas de gastronomia, tradições e ingredientes. Festas, feiras e outros eventos da doçaria e cultura nacional.